Arquivo da tag: ginástica

Com multibenefícios, o Jump é uma modalidade eficiente e divertida para quem quer moldar o corpo e conquistar saúde

Ajudar a emagrecer, auxiliar no combate da celulite, melhorar o equilíbrio e a coordenação motora e tonificar diferentes grupos musculares. Estes são os principais benefícios que o Jump traz em uma rotina de atividades físicas.


O Jump é um aparelho em formato de um mini trampolim, que auxilia na resistência cardiorrespiratória, tonificação muscular, equilíbrio e coordenação. Por ser uma aula dinâmica que proporciona diversão aliada ao treinamento físico, o exercício está entre os mais requisitados nas academias. O consultor técnico da Contours, rede de academias para mulheres, Paulo Costa Amaral, enfatiza ainda que o sucesso da modalidade se dá também porque ela colabora bastante no combate da celulite . “Os saltos realizados durante a aula aceleram a função de abre e fecha das válvulas dos capilares linfáticos, e isso ajuda na aceleração do sistema linfático que é responsável pela drenagem de fluídos e filtragem de derivados, combatendo a celulite”.

O treinamento com Jump proporciona ainda o aumento da aceleração gravitacional, que fortalece o sistema músculo esquelético preservando ligamentos e articulações. A ativação muscular dependerá muito da força exercida ao empurrar a lona, quanto maior o esforço, mais rápido os músculos serão ativados.  Outro benefício é que, em um único exercício, é possível trabalhar diversas partes do corpo. “A força de aceleração gravitacional é sentida pelo corpo inteiro então todas as partes são atingidas, principalmente os membros inferiores, como músculos quadríceps, glúteos, abdutores e panturrilhas”, comenta Amaral.

Segundo o professor, a atividade pode ser feita de forma exclusiva, em uma aula focada, ou incluída em um circuito funcional, com atividades complementares, trabalhando diferentes objetivos e melhorando a capacidade de realizar atividades de rotina, como agachar e levantar. “Incluir o Jump em circuitos é uma tendência que observamos em vários países. As alunas gostam muito, pois além de ser uma atividade eficiente para atingir resultados, quando combinada a outros exercícios, ela deixa o treino muito mais dinâmico.”

Segundo o educador físico, se a modalidade for praticada de 3 a 4 vezes por semana, dentro de um circuito de 30 minutos, a aluna conseguirá atingir objetivos dos mais variados, como emagrecimento, postura, equilíbrio e definição muscular.

Autor: Prof. Ms. Paulo Costa Amaral

Fonte: http://maisindaia.com.br/saude/2014/09/com-multibeneficios-o-jump-e-uma-modalidade-eficiente-e-divertida-para-quem-quer-moldar-o-corpo-e-conquistar-saude/

Qualidade de Vida no Trabalho – Parte II

Atualmente as empresas no mundo todo, estão incrementando os investimentos na geração de lucros a partir de colaboradores motivados, capacitados e mais satisfeitos. Com isso, após vários levantamentos de informações, pode-se verificar que existe um interesse significativo por parte dos gestores, para implementar uma academia na empresa. Confira quais são os principais benefícios:

  • Mensurar e acompanhar os indicadores de saúde ocupacional e do estresse;
  • Elaborar e implantar programas para grupos especiais, com fatores de risco como: obesidade, hipertensão, diabetes e alterações posturais;
  • Auxiliar a empresa na diminuição dos custos com assistência médica e afastamentos;
  • Acompanhar periodicamente os índices de adesão e participação em cada modalidade, em conjunto com o Departamento de Saúde Ocupacional da empresa;
  • Implantar atividades que não requerem grandes investimentos em equipamentos, como treinamento e acompanhamento de equipes de corrida;
  • Proporcionar condições para a melhoria do estilo e qualidade de vida individual;
  • Proporcionar aos colaboradores facilidade, segurança, rapidez, conforto e, principalmente, a oportunidade de praticar exercícios físicos sob a orientação de um profissional qualificado;
  • Melhoria do rendimento funcional (melhorar as atividades realizadas no dia-a-dia);
  • Redução do número de acidentes no trabalho;
  • Diminuição dos gastos com afastamento de trabalho e despesas médicas;
  • Melhoria das relações humanas e de trabalho;
  • Aumento da produtividade;
  • Melhoria do relacionamento interpessoal.