Arquivo da categoria: Condicionamento Físico

Treino intervalado ajuda a emagrecer mais rápido!

03122015_Treinamento intervalado

O verão está se aproximando e com ele o número de pessoas se preparando para entrar em forma. Hoje vamos falar sobre o treino intervalado, uma modalidade recomendada para quem deseja emagrecer mais rápido.

Mas você sabe o que é treino intervalado? Ele é feito com alternações entre os exercícios aeróbios e os de força. Nesse tipo de treino, o tempo de descanso é menor para potencializar o gasto das calorias e perder gordura mais rapidamente!

Para quem não gosta muito de musculação mas quer perder as gordurinhas, esse tipo de treino é recomendado pela sua alternância com outros exercícios.

O treino intervalado deve ser feito de duas a três vezes por semana em dias alternados.

Mas antes de optar por essa modalidade, procure orientação com seu professor para ver qual série de adapta às suas necessidades!

Fazer exercício em jejum não elimina gordura!

24112015_Exercícios em jejum

Ao contrário do que muita gente pensa, fazer exercícios em jejum não queima mais gorduras. Quando você inicia uma atividade em jejum, após uma noite de sono, pode haver um “descompasso” hormonal e fisiológico para o seu organismo na hora dele tentar encontrar alimento para funcionar adequadamente.

Resultado? O que pode ocorrer é o seu corpo poupar as reservas de gordura e utilizar os músculos para produzir energia. Resultado? Além de poupar as reservar de gordura, o treino em jejum pode trazer alguns desconfortos durante o treino como tontura, fraqueza, náuseas e vômitos.

Sem contar que o seu rendimento pode cair, pois o seu corpo não terá toda a energia necessária para o exercício. Por isso, antes de iniciar qualquer prática, o recomendado é se alimentar bem e manter uma dieta equilibrada.

Outro fator importante a ser levado em conta durante o treino é a hidratação. Lembre-se de beber água antes, durante e após os treinos!

Fonte: http://www.medicinadoesporte.org.br/fazer-exercicios-em-jejum-queima-musculos-e-preserva-gorduras/

Você sabia que a corrida pode melhorar a sua imunidade?

18112015_Corrida e imunidadeAlém de trazer inúmeros benefícios para o seu dia-a-dia, correr também pode melhorar o seu sistema imunológico, sabia? Durante a corrida, o sistema neuroendócrino, responsável por produzir hormônios como adrenalina e cortisol, é ativado.

Sem contar que quando você pratica a corrida, o seu trabalho muscular aumenta. O sistema respiratório e de todos os outros membros envolvidos também são ativados na corrida. Nesse momento, o seu sistema endócrino é acionado e, consequentemente, o sistema imunológico.

Mas até para correr é preciso dosar a intensidade dos treinos. É importante ficar atento para não sobrecarregar o seu corpo com uma carga intensa de corridas que pode trazer mais prejuízos do que benefícios.

Tenha em mente que você precisa adaptar o seu corpo gradativamente ao esforço, portanto, não comece com uma série muito intensa. E na dúvida, procure um profissional de Educação Física!

Fonte: http://www.medicinadoesporte.org.br/de-um-up-na-imunidade-com-a-corrida/

Benefícios da prática de exercícios diários!

09112015
Pedalar uma vez por semana também pode ser uma forma de se exercitar diariamente

Pode parecer que não, mas apenas 30 minutos diários de exercícios físicos pode trazer muitos benefícios para a saúde e qualidade de vida. Para abandonar hábitos sedentários não precisa malhar o dia todo! Basta fazer um treino de 30 minutinhos para fazer a diferença no seu dia-a-dia. Confira os principais benefícios:

Alívio do estresse: com a rotina pesada, os níveis de estresse ficam altos, mas basta alguns minutos de exercício para isso melhorar! Os exercícios físicos liberam endorfina e serotonina, responsáveis pela sensação de prazer e bem estar, relaxando o corpo.

Disposição a mil: aumentar a resistência muscular pode auxiliar em tarefas diárias como subir escadas, carregar compras, pendurar roupas no varal etc. Ao contrário do que se imagina, os exercícios diários dão mais disposição e menos cansaço no fim do dia!

Prevenção de doenças: doenças como osteoporose e cardiovasculares podem ser evitadas com a prática dos exercícios físicos. Até mesmo controlar a diabetes é possível com os treinos diários. Os exercícios aeróbios são fundamentais na prevenção de doenças cardíacas e outras mais.

Mas nunca se esqueça de que para seguir um cronograma ideal de acordo com o seu condicionamento físico você deve, primeiro, conversar com um especialista para que ela possa elaborar o seu programa de exercícios. Assim você também vai atingir os objetivos bem mais rápido!

Então, o que está esperando para dedicar 30 minutos para os exercícios? Comece hoje mesmo!

A utilização de frequencímetro em programas de treinamento aeróbio

A prática de caminhada é uma modalidade popular no Brasil, e apresenta um índice de adesão maior do que outras atividades, pois não requer habilidades ou instalações. No entanto, muitas pessoas praticam esta atividade sem a consulta de um médico e a utilização de frequencímentro.

A atividade sem o monitoramento dos batimentos cardíacos por minuto (bpm) aumenta os riscos cardíacos e morte, independente do nível de condicionamento e idade.

Portanto, a aquisição de um frequencímetro não é custo e sim investimento na qualidade de vida.

 

Prescrição de Exercícios Físicos para Gestantes

Treinamento aeróbio: 30 e 40 minutos, 3 vezes por semana, intensidade moderada (70% do VO2máx).

Treinamento de força: 2 a 3 vezes por semana, 8 a 10 exercícios e 2 a 3 séries para cada exercício; intensidade moderada (55 e 70% de 1RM), 10 a 12 repetições e 1 a 2 minutos de intervalo entre as séries.

Sedentarismo leva a duas vezes mais mortes do que obesidade, diz estudo

Caminhar por 20 minutos já reduz em até 30% o risco de morte prematura. Estudo acompanhou 334 mil homens e mulheres europeus durante 12 anos.

O sedentarismo é mais perigoso para a saúde do que a obesidade. Um estudo publicado nesta quarta-feira (14) no periódico “American Journal of Clinical Nutrition” concluiu que a falta de exercícios físicos aparece relacionada a duas vezes mais mortes do que a obesidade.

A conclusão foi tirada a partir da observação de 334.161 homens e mulheres europeus durante uma média de 12 anos. Ao longo desse período, eles tiveram altura, peso e circunferência abdominal medidos. Os pesquisadores também coletaram relatos sobre as atividades físicas praticadas pelos voluntários.

Ao extrapolar os dados do estudo para toda a população europeia, estima-se que, do total de 9,2 milhões de mortes anuais, 337 mil sejam atribuídas à obesidade. Já as mortes relacionadas à inatividade física somam 676 mil, mais do que o dobro.

20 minutos fazem diferença
Mas não é preciso ser um atleta para desfrutar dos benefícios dos exercícios para a saúde, segundo o estudo. O simples fato de passar da categoria de “inativo” para “moderadamente inativo” – o que envolve fazer o equivalente a uma caminhada de 20 minutos todos os dias – já diminui o risco de morte prematura entre 16 e 30%.

“É uma mensagem simples: apenas uma pequena quantidade de atividade física por dia poderia ter benefícios substanciais para a saúde para pessoas que são fisicamente inativas”, diz Nick Wareham, professor da Universidade de Cambridge e um dos autores do estudo. “Apesar de termos descoberto que apenas 20 minutos fariam diferença, devemos procurar fazer mais do que isso. A atividade física em muitos benefícios provados para a saúde e deveria ser uma parte importante do nosso cotidiano.”

620x946-atividade-fisica

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/01/sedentarismo-leva-duas-vezes-mais-mortes-do-que-obesidade-diz-estudo.html

Abdômen forte é essencial para boa postura

Definir o abdômen é uma das principais metas de quem quer conquistar um corpo sarado. No entanto, as vantagens de se trabalhar esta musculatura vão muito além da estética. Músculos abdominais fortes permitem uma postura mais adequada e ajudam a proteger a coluna, facilitando também atividades de rotina.O fortalecimento da região central do corpo, formada pelos músculos abdominais, contribui para a melhora da postura ao promover maior estabilidade.
Um abdômen forte evita ainda que a coluna vertebral seja sobrecarrega durante atividades do dia a dia. Com isso, a prática de exercícios para fortalecer e defini-lo é importante estratégia, sobretudo para quem busca mais qualidade de vida.A musculatura do abdômen é como se fosse um grande retângulo plano. O músculo divide-se em três grandes grupos (reto abdominal, transverso e oblíquos), os quais podem ser trabalhados isoladamente ou em conjunto.
“É um dos exercícios mais importantes para as pessoas, pois é responsável por manter a nossa postura sempre correta, independente da faixa etária”, afirma Paulo Amaral, que apresenta algumas dicas para trabalhar diferentes áreas: abdômen reto (o popular tanquinho), transverso (musculatura profunda) e oblíquos (na região da cintura).Segundo o especialista, a conquista de um abdômen perfeito depende de uma combinação certeira: exercícios localizados em médias três vezes por semana, adoção de uma alimentação saudável e a alternância com a prática de exercícios aeróbicos de no mínimo de quatro vezes por semana com duração mínima de 10 minutos. “É importante lembrar que não adianta só fazer abdominais, mas combiná-los com exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, bicicleta ou pular corda.”PARA COMEÇARO melhor programa de abdominais é o que prioriza que cada um dos três grandes grupos musculares seja trabalhado num dia da semana:

Abdominal reto: Deite-se de costas no chão. Eleve os ombros do chão. O movimento de flexão da coluna deve acontecer sem que a região lombar perca o contato com o chão. Os iniciantes devem começar o exercício com os braços cruzados à frente do peito. Conforme o especialista, “Quando as mãos estão posicionadas atrás da cabeça, a intensidade do exercício diminui, pois o peso dos membros superiores se aproxima do eixo da coluna, afetando o torque produzido pela resistência”. Os pés podem ficar posicionados no chão ou elevados.

Transverso abdominal: É um musculo profundo, localizado abaixo dos músculos abdominais retos e oblíquos. Fortalecê-lo é importantíssimo, porque ele serve de base de sustentação para a parede abdominal, protegendo a coluna vertebral. Para trabalhar esta região são indicados exercícios respiratórios e de contração abdominal, como por exemplo, a prancha abdominal (média de 50 segundos).

Abdominal oblíquo: Por fim, há os músculos abdominais oblíquos externos e internos, que percorrem as laterais da barriga. Os músculos oblíquos internos formam a camada média da parede abdominal lateral e está localizado entre o transverso abdominal e o oblíquo externo, produzindo uma inclinação lateral da coluna, aproximando o tórax e o quadril lateralmente. São eles que, enrijecidos, definem a cintura.

É preciso dar atenção ao ritmo imposto aos exercícios. Abdominal correto é aquele que se faz lentamente. Também é recomendável a respiração torácica, inspirando pelo nariz e expirando pela boca, mantendo sempre o abdômen contraído.

A quantidade de séries e repetições depende do nível de condicionamento de cada pessoa. Uma dica do instrutor é iniciar com poucas repetições em uma única série e ir aumentando progressivamente, com o intuito de evitar lesões. O ideal é procurar um profissional de educação física para prescrever adequadamente o exercício de acordo com as suas características e objetivos.

É importante lembrar que não serão as 500 repetições diárias que vão definir o seu abdômen. “Pense na qualidade e não na quantidade”, finaliza Amaral.

Fonte: http://correio.rac.com.br/_conteudo/2014/12/ig_paulista/229928-abdomen-forte-e-essencial-para-boa-postura.html
Material elaborado pelo Prof. Ms. Paulo Costa Amaral – CREF 023504-G/SP

30 minutos de exercícios por dia

Meia hora por dia é suficiente para se beneficiar com os exercícios

ALONGAMENTO

Engana-se quem pensa que precisa passar horas dentro de uma academia para ver os resultados dos exercícios.

Apenas 30 minutos diários de atividade física são suficientes para melhorar a qualidade de vida, garante PAULO COSTA AMARAL, consultor técnico da Contours Academia para Mulheres. Veja 5 motivos para se exercitar por pelo menos, 30 minutos por dia.

1- Malhar relaxa

Exercícios físicos liberam endorfina e serotonina, substâncias responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar, que controlam o nível da dor e reduzem a ansiedade e o estresse, fazendo com que o corpo relaxe. “A prática de exercícios regulares é também uma grande aliada da nossa saúde emocional, uma vez que viver em meio ao trânsito e trabalhar sob pressão virou rotina para muitas pessoas, especialmente nas grandes cidades”, diz o consultor técnico.

2 – Aumenta a disposição

Exercícios regulares refletem em menos cansaço no final do dia e mais disposição para atividades rotineiras, como pendurar roupas, carregar as compras, segurar o filho no colo ou mesmo ter disposição para pegar um cinema após uma jornada de trabalho no escritório.

3 – Previne a osteoporose

Atividades físicas evitam a perda de massa óssea resultante da menopausa, prevenindo a osteoporose. Exercícios com carga também auxiliam no fortalecimento muscular. “A prática de exercícios deve ser constante ao longo da vida, mas após os 40 anos, incluir a caminhada e a musculação traz muitos benefícios para a qualidade de vida das mulheres”, diz Paulo.

4 – Controla o diabetes

Se exercitar aumenta a eficácia da insulina, podendo reduzir a quantidade de medicação prescrita. A atividade física reduz o nível de glicose no sangue por até 48 horas após o treino. “Pessoas com diabetes ou doenças cardiovasculares, quando submetidas a um treino voltado às suas necessidades, ganham muito mais qualidade de vida e sentem no dia a dia a transformação que apenas 30 minutos diários podem trazer na vida prática”, diz Paulo.

5 – Previne doenças no coração

De acordo com a Associação Americana do Coração (American Heart Association – AHA), 30 minutos de exercícios aeróbicos diários ou 25 minutos de exercícios aeróbicos três vezes por semana, combinados a exercícios de musculação duas vezes por semana são suficientes para garantir a saúde cardíaca. “A vantagem do exercício em circuito é que ele dá conta de trabalhar grupos musculares separadamente, combinados a exercícios aeróbicos que estimulam a coordenação motora e que podem ser ajustados conforme a resistência corporal aumenta”, explica.

Por Helena Dias
Fonte: http://maisequilibrio.com.br/fitness/30-minutos-de-exercicios-por-dia-3-1-2-733.html